Desenvolvimento sustentável: 2 papéis do integrador solar

A luta que vem sendo travada em anos pós Revolução Industrial encontra barreiras cada vez maiores, bem como, a escassez dos recursos naturais do planeta.

Com a globalização, o aumento populacional e o consumismo aflorado, torna-se indubitável que os hábitos de consumo na Terra sejam revistos, visando diminuir o seu impacto na biodiversidade.

Portanto, termos como o “desenvolvimento sustentável” surgem com mais frequência, buscando conscientizar e amplificar os seus conceitos para uma vida terráquea duradoura e saudável.

Sabendo disso, formas ecologicamente conscientes de suprir as demandas do ser humano tem ganhado visibilidade e contribuído com o desenvolvimento sustentável, assim como os integradores solares.

Dessa forma, o desenvolvimento sustentável e o papel imprescindível da energia solar para a continuidade da vida humana tem crescido exponencialmente, devido a incentivos governamentais e reconhecimento de tal necessidade pela população.

Nesse sentido, ao promovermos energia limpa e renovável podemos reduzir consideravelmente a emissão de dióxido de carbono na atmosfera e assim, tornar possível o desdobramento da vida na Terra.

Contudo, separamos neste artigo tudo que um integrador solar precisa saber sobre sustentabilidade e qual o seu papel nesta corrida contra o tempo tão fundamental. Veja a seguir:

Qual a importância do uso da energia solar no desenvolvimento sustentável?

A energia solar está presente em todos os ciclos de vida da Terra, visto que, age na composição de células, alimenta seres fotossintéticos e oferece a absorção de vitamina D em nós, seres humanos.

Além disso, a fonte de luz solar pode ser utilizada como um recurso de obtenção de energia elétrica, tendo em vista os desafios energéticos que a sociedade vem enfrentando, contribuindo com o desenvolvimento sustentável. 

Isso é possível porque a energia oriunda do sol é inesgotável, abundante e uma solução limpa e viável para substituir nossa dependência de combustíveis fósseis, adequando e equilibrando de forma eficiente o ecossistema.

Portanto, ao analisarmos os impactos da utilização de carvão mineral, petróleo e gás natural (não renováveis) presentes em usinas de geração elétrica e em nossos meios de transportes, conseguimos mensurar os efeitos negativos para o planeta.

Veja também: marketing verde para energia solar 

Em outras palavras, os combustíveis fósseis interferem diretamente na poluição da atmosfera, contribuindo fortemente para o aquecimento global e desequilibrando de maneira preocupante o meio ambiente.

Por fim, coexistindo a natureza com os avanços tecnológicos, conseguimos fomentar o desenvolvimento sustentável na Terra através de fontes de energia inteligentes, como a solar, por exemplo.

Ou seja, ao instalarmos e projetarmos a energia do sol que poderá sem convertida em elétrica sem prejudicar o planeta, estamos estimulando o crescimento econômico, diminuindo impactos ambientais e aumentando a qualidade de vida dos nossos descendentes.

Energia fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica é obtida através da conversão da luz do sol em eletricidade, por meio do sistema fotovoltaico. Isso ocorre porque as placas solares absorvem a energia térmica dos raios solares e armazena-o.

Agindo como um grande reator nuclear natural, o sol libera em todos os instantes um pacote de fótons, que percorrem aproximadamente 150 milhões de quilômetros, em cerca de 8,5 minutos para chegar até a Terra. A cada hora, a quantidade de energia solar emitida seria o suficiente para suprir as necessidades energéticas do mundo inteiro.

Segundo a Agência Internacional de Energia (IEA) a energia solar se tornou a fonte energética que mais cresce no mundo. Além disso, pesquisas apontam que daqui alguns anos aproveitaremos de forma integral o uso da energia solar, de uma forma ou de outra.

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

Qual é o papel do integrador solar no desenvolvimento sustentável?

O integrador solar possui extrema relevância para o desenvolvimento sustentável, visto que, é um disseminador do uso de placas solares para a obtenção de energia elétrica. Além disso, é um fiel contribuinte com hábitos exemplares conquistados pelo selo verde, podendo utilizá-lo de maneira a promover seu próprio negócio, com marketing verde, por exemplo.

Sobretudo, o desenvolvimento sustentável é um forte aliado do integrador solar, pois, é um dos fatores importantes que levam às pessoas a se tornar consumidores da energia limpa. Ou seja, a sustentabilidade é pautada em consumir com consciência ecológica, sendo necessário o fornecimento de tais informações.

Por outro lado, fornecer sistemas que supram a demanda de um consumidor e deixe-o satisfeito é um dos papéis do integrador solar para contribuir com o desenvolvimento sustentável. Em outras palavras, quando você mostra que é possível produzir energia renovável, ajudar o meio ambiente e ainda economizar na conta de luz, você estará fomentando o mercado.

Clientes não são interruptores, são botões de volume.

Portanto, com a satisfação de um consumidor, você estará fazendo um bom marketing sem custo algum, afinal, clientes satisfeitos se encarregam em fazer outras vendas para você, divulgam seu negócio e ainda auxiliam na propagação dos conceitos do desenvolvimento sustentável.

Faça o que você faz tão bem, que as pessoas vão querer vê-lo novamente, e vão trazer seus amigos.

Dessa forma, explicaremos abaixo os dois papéis fundamentais do integrador solar para o desenvolvimento sustentável, sendo eles: fonte de informações e capacidade de fornecer sistemas de qualidade. Confira abaixo:

Fonte de informações

O integrador solar precisa, necessariamente, ser uma fonte de informações confiáveis e certeiras. Por este e outros motivos é essencial que você esteja atualizado e domine tudo sobre o desenvolvimento sustentável. O consumidor em questão nem sempre entenderá todos os dados ou terá feito uma pesquisa profunda.

Nesse sentido, é fundamental que você utilize todas as estatísticas, projeções e vantagens para trazer o cliente para o seu negócio. Além disso, para que o seu papel como integrador solar seja conclusivo, é imprescindível que você dissemine o desenvolvimento sustentável como um dos fatores para a implementação de sistemas fotovoltaicos.

A importância de dominar as técnicas e conhecimento sobre o ramo energético é essencial para passar segurança ao seu cliente.

Além disso, ao demonstrar experiência você consegue criar relações mais profundas e permitir com que o seu cliente tire todas as suas dúvidas.

É claro que nunca saberemos tudo, mas mantenha-se conectado e informe-se de perguntas recorrentes e notícias de última mão. É importante promover o desenvolvimento sustentável.

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

Capacidade de fornecer sistemas de qualidade

Outro papel de suma importância do integrador solar para contribuir com o desenvolvimento sustentável é fornecer um sistema fotovoltaico de qualidade, gerando satisfação. Isso porque, ao dimensionar, projetar e instalar um sistema solar eficiente, o mesmo trará diversos benefícios ao consumidor, além da própria consciência ecológica.

Ou seja, na teoria o desenvolvimento sustentável é lindo, mas, em um mundo capitalista o retorno econômico normalmente prevalece. Portanto, execute-o de maneira satisfatória, pois assim, o sistema trará ao consumidor economias e ele sentirá que fez uma ótima escolha, recomendando-o a outras pessoas e aumentando o ciclo de usuários.

Consumidor com consciência socioambiental pressiona mercado a adotar novas práticas.

Na prática, você deve sempre enaltecer a responsabilidade ecológica e destacar de que maneira esta contribuição lhe trará retornos econômicos positivos. Por fim, conseguimos contribuir de duas formas: na economia financeira e na diminuição dos impactos ambientais.

Sabendo disso, ficará mais fácil contribuir com o desenvolvimento sustentável, cumprir o seu papel e ainda maximizar as vendas e lucros do seu negócio.

94% dos brasileiros recomendam produtos de empresas com iniciativas sustentáveis.

Papel da energia solar na inclusão social

A utilização de sistemas fotovoltaicos em comunidades isoladas tem sido uma alternativa eficiente do ponto de vista econômico, ambiental e social. Estas comunidades normalmente são habitadas por pessoas de baixa renda, que acabam marginalizada e sem informações.

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

Nesse sentido, a instalação de pequenos sistemas de energia solar pode significar muito e incluir essas pessoas ao mundo, mudando vidas de forma radical. Você é capaz de imaginar alguém que nunca teve luz nas noites escuras, ver a luz se acender ao cair do sol?

Em comunidades indígenas, por exemplo, é possível por meio de sistemas fotovoltaicos fornecer atendimentos médicos com mais qualidade, além de ser possível levar informação, internet e conhecimento. Isso é a energia solar salvando vidas, além de contribuir com a salvação do planeta, agregando o desenvolvimento sustentável.

Veja também: legislação brasileira de energia solar: entenda tudo 

Qual o objetivo de uma empresa de energia solar?

O objetivo principal de uma empresa de energia solar é oferecer soluções completas, inovadoras e de qualidade, visando proporcionar a geração de energia elétrica sustentável e renovável a consumidores residenciais e empresariais.

Contudo, um integrador solar pode ter diversos outros objetivos, bem como a contribuição com o desenvolvimento sustentável, proporcionando qualidade de vida ou ainda, reduzindo gastos dos seus clientes, possuindo um custo-benefício claro e assertivo.

Porém, é interessante que os seus valores e metas estejam pautados em adquirir consumidores 100% satisfeitos e valorizados. Além disso, opte por deixar visível a ética e transparência do seu negócio, reverenciando o empreendedorismo, a inovação e zelando pela saúde do meio ambiente.

Se você faz bons produtos, torne-os ainda melhores. Se faz um bom atendimento e entrega serviços de qualidade, então este é o seu negócio.

Provavelmente você já escutou ou leu em algum lugar que ao prestar serviços de qualidade e oferecer produtos satisfatórios, você estará no caminho para o sucesso. Mas quem está te dizendo agora é nada mais nada menos que Steven Jobs, fundador da Apple. Então este deve ser o seu principal objetivo e sua maior missão.

Quais são os pontos positivos e negativos da energia solar?

A energia solar é uma fonte limpa, abundante e renovável, capaz de ser produzida em qualquer lugar do Planeta, levando eletricidade e sustentabilidade até em lugares isolados, sendo estas as principais vantagens relacionadas ao sistema fotovoltaico, além da valorização do imóvel.

Em contrapartida, existe a intermitência na geração e o custos para a instalação, que podem facilmente representar os pontos negativos da energia solar.

Vantagens para o desenvolvimento sustentável

Em um país onde a energia elétrica fica cada vez mais cara, instalar um sistema fotovoltaico tornou-se o desejo de metade dos consumidores de energia no Brasil. Ao analisar o seu custo-benefício a energia solar não é apenas uma questão de compra, mas sim, de investimento.

#1 Energia sustentável

A primeira vantagem do sistema fotovoltaico é a utilização da luz solar, que é renovável, para a obtenção de energia elétrica, contribuindo dessa forma, com o desenvolvimento sustentável.

#2 Sem ruídos ou poluição

A geração de energia solar é totalmente silenciosa, isso porque ela utiliza um processo fotoquímico e não mecânico, o efeito fotovoltaico. Ou seja, a energia é produzida sem ruídos dentro de cada módulo.

#3 Agilidade e facilidade de instalações

As instalações duram em média de 2 a 3 dias, sendo considerada rápida e descomplicada. Uma vez instalados e averiguados todos os componentes, o inversor já pode ser configurado e ligado, e assim começara a gerar toda a energia elétrica projetada pelo sistema

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

#4 Pouca manutenção

Outra vantagem da instalação de energia solar é a sua pouca necessidade de manutenção, seja ela preventiva ou corretiva. A principal das manutenções é feita pelo próprio consumidor, que é a lavagens dos módulos a cada 6 meses.

#5 Vida útil do sistema

Um sistema fotovoltaico foi feito para durar mais de 25 anos, sendo confirmado casos em que as placas solares resistiram efeitos naturais por 45 anos, sem nenhum dano ou influência em sua funcionalidade.

#6 Custo-benefício

O custo-benefício da energia solar é bem atrativo. O retorno sobre o investimento é em média 6 a 8 anos, gerando energia de forma gratuita por mais 20 anos ou mais.

A carência energética atinge a população brasileira com despesas que aumentam a cada ano. Por essa razão, ambientalistas propõem que a sociedade encontre alternativas sustentáveis e que sejam viáveis economicamente para gerar energia.

Desvantagens para o desenvolvimento sustentável

Como tudo na vida, existem vantagens e desvantagens, na energia solar não é diferente. Um dos principais fatores que são listados como desvantagens é o seu alto investimento, que se bem analisado, não é tão desvantagens assim. Veja:

O tempo de retorno do investimento em energia solar ou ‘payback’ representa os meses/ anos necessário para que o custo de instalação se pague e, a partir de então, comece a gerar lucro para o proprietário.

Basicamente, para fazer este cálculo é preciso fazer o levantamento do custo total do investimento e dividi-lo pela economia proporcionada mês a mês.

PAYBACK (meses) = Investimento (R$) / Energia gerada (kWh/mês) x Valor da tarifa

O cálculo do payback de um sistema de energia solar deve, portanto, devo levar em consideração o investimento total realizado e a geração média mensal do sistema fotovoltaico (produção de energia em kWh).

No Brasil, o payback varia bastante em função da radiação solar e tarifas cobradas e, quanto maiores estes valores, menor será o payback do sistema.

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

Com isso, é possível estimar que no Brasil, o tempo de retorno do investimento é entre 5 anos e 8 anos. Portanto, como estes sistemas possuem mais de 25 anos de vida útil, perceba que mesmo que o sistema se pague em 8 anos, serão mais de 17 anos de energia gratuita, além de promover o desenvolvimento sustentável.

#1 Mudança estética do imóvel

A instalação de placas solares pode modificar a estética de um imóvel ou empresa, por isso é importante que na hora de idealizar o projeto o engenheiro seja ponderado, para que o sistema adeque-se de forma balanceada.

#2 Geração intermitente 

A geração intermitente é uma desvantagem pois, a produção de energia só se dará durante o dia, enquanto os raios solares atingem a superfície dos módulos fotovoltaicos, então, trata-se de uma fonte intermitente, ou seja, aquela que não pode ser fornecida continuamente devido a fatores não controláveis.

#3 Falsa sensação de custos elevados

As sensação de custos elevados pode ser considerado um fator negativo da energia solar tendo em vista que, muitas pessoas não calculam seu custo-benefício da energia solar, muitas vezes desconsiderando o investimento em sistemas fotovoltaicos.Quais são os impactos ambientais do sistema fotovoltaico?

De todas as fontes de energia, a solar é a que causa menor impacto ambiental, visto que, não emite poluentes e não gera efeitos negativos no meio ambiente. Esse fato, juntamente com a sua vasta amplitude e alcance, faz com que a energia fotovoltaica seja a fonte que mais cresce no mundo.

De antemão, estatísticas da Absolar projetam que até 2040 a energia solar lidere a matriz energética brasileira, contribuindo dessa forma, para o desenvolvimento sustentável no país.

Todavia, mesmo que a obtenção de energia seja livre de emissões poluente é necessário analisar os impactos gerados na produção e descarte dos equipamentos utilizados.

Veja também: atendimento para energia solar – como ter o melhor 

Impactos na manufatura no desenvolvimento sustentável

Os impactos que mais geram pontos negativos em equipamentos solares é no processo de manufatura. As placas fotovoltaicas são, segundo um estudo australiano, responsáveis por 85% da energia utilizada, enquanto o inversor solar é responsável apenas por 7%.

Desse modo, se explica porque é mais complexo produzir módulos. Entretanto, essa energia gasta se paga durante sua vida útil, que como sabemos, é livre de poluentes por no mínimo, 25 anos. Segundo uma estimativa, após 2,5 anos uma placa já terá gerado toda a energia que consumiu em sua fabricação.

Extração de silício

Atualmente, 80% de todas os módulos fotovoltaicos são produzindo por meio de extração de silício, podendo impactar o meio ambiente através do pó de silício na fundição, emissão de enxofre e utilização de produtos químicos, bem como, ácido clorídrico, sulfúrico e nítrico.

Quais são as principais características da energia solar?

As características mais marcantes da energia solar são o fato dela ser renovável e inesgotável, pelo menos pelos próximos bilhões de anos. Outra característica da energia solar é relacionada a uma fonte de energia limpa, sem emissão de poluentes, que intensificam o efeito estufa e contribuem para o aquecimento global.

Graças ao avanço da tecnologia, há uma relação inversa entre o preço e a produtividade dos painéis, significando que cada vez mais os sistemas ficam tecnológicos e na mesma proporção, ficam mais baratos. Além disso, é possível descrevermos-o como um sistema fácil de instalar, com alta escalabilidade e contribuição com o desenvolvimento sustentável.

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

Matriz energética brasileira

Na matriz energética brasileira a energia solar é responsável por produzir apenas 1,2% de toda a energia gerada no país, mostrando-se ínfima mas com alta capacidade de multiplicação.

Portanto, é visível que a nossa matriz energética encontra-se dependente de combustíveis fósseis, que são altamente poluentes e não renováveis. Dessa forma, é importante que seja fomentado e disseminado o uso de fontes limpas, bem como a energia fotovoltaica para contribuir com o desenvolvimento sustentável.

Sendo assim, imprescindível para a manutenção do ecossistema uma mudança nos padrões de consumo atuais. A Organização Mundial do Comércio (OMC) afirma em seu relatório World Trade Report, que recursos naturais são “estoques de materiais existentes em ambiente natural, sendo escassos e economicamente úteis“. Ou seja, se os hábitos de consumo atuais seguirem tal padrão, os recursos terminarão e teremos um problema dos grandes.

Em outras palavras, a situação é tão grave que cientistas da Universidade de Berkeley, na Califórnia, publicaram um estudo onde mapeiam-se que, 75% das espécies do planeta deixarão de existir caso nada seja feito para impedir.

Com isso, é possível concluirmos que a Terra está se aproximando a passos largos da sexta extinção em massa do mundo. Entretanto, para que possamos controlar a crise ambiental e apoiar o desenvolvimento sustentável é fundamental que a matriz energética seja revista e renovada, incluindo fontes menos poluentes e mais atrativas ambientalmente falando.

Como a energia solar pode ser utilizada?

Nas últimas décadas, a preocupação com a escassez hídrica e o aquecimento global tem gerado alternativas mais sustentáveis, visando diminuir os impactos no meio ambiente e contribuir com o desenvolvimento sustentável. Como já sabemos, um bom exemplo é a utilização da radiação solar para gerar energia elétrica.

A energia oriunda de um sistema solar pode ser utilizada de basicamente de 3 maneiras: energia térmica, heliotérmica e fotovoltaica. Além disso, podemos usá-la em atividades rotineiras, bem como a energia elétrica e o aquecimento de água encanada, por exemplo.

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

Como a energia solar pode solucionar os problemas ambientais?

A energia solar sozinha não conseguirá solucionar todos os problemas ambientais, que são consequência de padrões de consumo desequilibrados. Porém, com uma fomentação no mercado, ela contribuirá para um desenvolvimento sustentável, gerando energia de forma limpa e sem a emissão de poluentes, que intensificam o efeito estufa.

Nesse sentido, os sistemas fotovoltaicos podem solucionar parte destes problemas ambientais, visto que, o aquecimento global é um dos fatores que mais preocupam pesquisadores na atualidade. Isso acontece, pois, ao diminuir a emissão de gases tóxicos, reduzimos consequentemente, as taxas exorbitantes de aquecimento na Terra.

Portanto, uma das soluções da energia solar é trazer à população hábitos mais sustentáveis, eliminando aos poucos a nossa dependência de combustíveis fósseis e de usinas hidrelétricas. Além disso, a energia fotovoltaica pode levar energia a grandes centros com escassez hídrica e reduzir seus custos, agindo também no âmbito social.

De forma redundante, conseguimos facilmente enxergar os benefícios e contribuições com o desenvolvimento sustentável e até mesmo com a inclusão social que a energia solar carrega. Sendo de suma importância assim, fomentar e investir no ramo fotovoltaico, visando a diminuição de impactos e o desenvolvimento sustentável.

A natureza usa a energia Solar a milhares de anos, e bem usada, só a raça humana ainda não conseguiu, usar em toda sua possibilidade.

Qual a contribuição da energia solar no desenvolvimento sustentável?

Diante todos os fatos acima mencionados, conseguimos mensurar a relevância do desenvolvimento sustentável e os papéis do integrador solar neste processo. Dessa forma, é importante que o integrador obtenha informações e que desenvolva projetos de qualidade, fomentando o mercado.

Ademais, torna-se fundamental a mudança de padrão da sociedade, bem como, a cobrança por incentivos fiscais para o desenvolvimento sustentável e a diminuição dos impactos ambientais. Em outras palavras, a energia solar tem grande parcela de contribuição na melhoria da saúde do Planeta Terra.

Desse modo, é indubitável que as pessoas que detém o poder legislativo e executivo reúnam esforços para tornar a área solar cada vez mais investida, podendo predominar na matriz energética brasileira, levando-nos a grandes conquistas.

Por fim, é essencial que o integrador solar seja um difusor de dados, estatísticas e torne-se fonte de informações confiáveis, sempre disseminando as vantagens e custo-benefício da instalação de sistemas fotovoltaicos. Assim, o processo de desenvolvimento sustentável se simplificará e o mundo, aos pouquinhos, retornará ao seu estado natural, garantindo vida às nossas gerações futuras.

Semear ideias ecológicas e plantar sustentabilidade é ter a garantia de colhermos um futuro fértil e consciente.

E você? É um integrador solar ou está pensando em empreender nessa área? Nós temos a solução para alavancar vendas dos projetos de energia fotovoltaica, otimizar processos e trazer mais tecnologia para a sua empresa.

Conheça o Solarfy, uma ferramenta inteligente para gerar propostas e acompanhar negociações com agilidade.

Ficou com alguma dúvida sobre desenvolvimento sustentável? Então deixe um comentário! Se você gostou desse artigo, considere se inscrever na newsletter gratuita e receba os próximos conteúdos diretamente no seu e-mail.

Gostou dessa matéria?

Cadastre-se na newsletter gratuita e receba os próximos conteúdos diretamente em seu e-mail!

Deixe um comentário