Se você é um integrador fotovoltaico, muito provavelmente esteja buscando entender melhor sobre orçamento para energia solar. Afinal, muitos questionamentos surgem de seu cliente potencial durante a comercialização, inclusive sobre os custos.

Portanto, possuir essa estimativa imediata, pode ser seu diferencial competitivo, além de demonstrar domínio e transferir confiança. Afinal, este é um dos fatores mais importantes quando falamos na geração de proposta de energia fotovoltaica

Sabendo disso, separamos diversas dicas para que o seu negócio seja destaque e avalie com rapidez e eficiência cada caso. Assim, você orça com a agilidade e o imediatismo que o mundo atual exige. Confira abaixo:

O que é orçamento para energia solar

O orçamento para energia solar é a capacidade de mensurar os custos para um cliente potencial, de maneira sucinta e rápida. Com isso, você precisa de informações básicas, bem como:

  1. Conta de luz
  2. Localização da residência
  3. Quantidade de moradores
  4. Quantidade de aparelhos utilizados diariamente

Primeiramente, para que seja possível orçar um valor para o projeto de energia solar, é indispensável a realização de cálculos. Bem como o de dimensionamento, demanda e quantidade de placas solares necessárias para atender as necessidades de um cliente.

Com isso, o valor do projeto de energia fotovoltaica deve incluir:

  • Os custos dos equipamentos e acessórios;
  • Os gastos com a instalação – insumos e mão de obra;
  • O custo de oportunidade – ou seja, considerar que produtos e serviços que são mais recentes no mercado possuem preços mais elevados.

Os custos também estão diretamente relacionados à produção e à obra, abarcando toda a engenharia do projeto fotovoltaico.
Dependendo do nível profissional e da experiência, um técnico em eletrotécnica tem um salário médio, em uma empresa de pequeno porte, de R$ 1.700 a R$ 3.000.

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

Já um engenheiro eletricista, nas mesmas condições, recebe um salário médio de R$ 3.500 a R$ 8.500.

E afinal, como fazer orçamento para energia solar? Acompanhe abaixo e entenda como elevar o patamar da sua prestação de serviço:

Como fazer orçamento para energia solar

Adquirir um sistema fotovoltaico é um investimento a longo prazo. Desse modo, a tomada de decisão depende da ponderação de diversos fatores, bem como o custo-benefício e a rentabilidade final do projeto.

Sabendo disso, é importante que você, integrador solar, saiba fazer um orçamento de qualidade, considerando pontos relevantes e fornecendo um material que seja palpável e convincente, para que seu cliente faça a escolha.

Em síntese, o seu papel é saber calcular os custos e entregar um orçamento para energia solar o mais próximo do real, além de explicar ao seu potencial comprador o valor de seu serviço.

Portanto, separamos abaixo algum dos pontos que você deve mencionar e utilizar para orçar um sistema fotovoltaico. Veja:

Qualidade e potência de inversores

Esse é um dos pontos importantes para se analisar antes de realizar um orçamento para energia solar. Isso porque, os inversores estão diretamente atrelados aos painéis solares, demandando que você calcule essa variável, caso a caso.

Além disso, é comum que a potência do inversor se apresente menor que o do sistema fotovoltaico. Em síntese, alguns fabricantes fazem um sobredimensionamento, o que também pode variar em um projeto.

Entretanto, se depois que o sistema for instalado, a demanda energética de seu cliente aumentar, é possível expandir o sistema por meio da substituição do inversor, por um de maior potência.

Veja também: gerador de proposta de energia solar 

Verifique o dimensionamento dos painéis

As quantidades necessárias de painéis solares são imprescindíveis para um orçamento de energia solar eficiente. Para isso, você deve considerar a energia necessária e a capacidade de produção total do sistema, além de ponderar a incidência solar no ambiente de instalação fotovoltaica. 

Sobretudo, dimensionar o sistema solar e entender melhor a quantidade necessária de placas solares, é essencial para que o seu planejamento seja o mais assertivo e coerente possível.

Elaboração do projeto fotovoltaico

O valor para que um projeto de energia solar seja elaborado também deve ser contabilizado. Pois, todo o tempo gasto para que o dimensionamento e o protótipo seja realizado é considerado custo.

O projeto de energia solar fotovoltaica inicia com a definição da quantidade de energia que precisa ser produzida. Posterior a isso, é realizado um cálculo de produção de energia desejada. E assim, acontece a devida instalação do protótipo pelo integrador solar e/ou sua equipe.

Em paralelo, é necessária toda à adequação técnica, que abrange documentação e homologação perante à concessionária de energia. Nesse sentido, desenvolver um projeto de energia fotovoltaica exige qualificação e experiência, evitando assim, eventuais problemas.

Todavia, o caminho para o desenvolvimento de um projeto de energia solar passa por etapas como o conhecimento da demanda, inspeção técnica, dimensionamento, aprovação e instalação.

Portanto, especifique os valores e predefina as condições. É o famoso ditado: “o combinado não sai caro”.

Instalação

O custo pela mão de obra deve estar incluso no orçamento para energia solar. De maneira geral, o salário de um técnico instalador possui variâncias, visto que, o valor final depende do seu nível de conhecimento, certificações e experiências.

Além disso, dependerá do salário fixo, que pode variar entre $ 1,5 mil e R$ 3 mil, porém seus ganhos podem ser muito superiores em casos de comissionamento. Desse modo, contabilize os preços que a instalação do sistema terá e realize o orçamento para energia solar conforme estes dados.

Entenda quais são seus custos fixos e variáveis

De forma resumida, os custos fixos são aqueles que estão menos sujeitos a variações. E, os custos variáveis são aqueles que alteram-se conforme as atividades do seu negócio.

Portanto, para que seu orçamento para energia solar seja realista, tenha em mãos os seus custos fixos e variáveis, embutindo tudo no valor final do projeto fotovoltaico.

Fique atento as novas tecnologias

A tecnologia evolui o tempo todo e, constantemente, encontramos novas possibilidades para fazer com agilidade processos do dia a dia. É por isso que alguns sistemas para energia solar já dimensionam e geram propostas fotovoltaicas para você.

O Solarfy, por exemplo, é um software para orçar projetos fotovoltaicos, permitindo que no computador ou celular, você gere propostas de energia solar incríveis e simples de entender. E ainda, acompanhe suas negociações em tempo real e venda mais com menos esforços.

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

Como calcular a quantidade de placas solares

Energia = potência X tempo X Rendimento

Na região Sul, que compreende os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, temos, em média, 5,37 horas diárias de irradiação solar útil à geração fotovoltaica.

Ou seja, os parâmetros citados anteriormente, nessa situação, um módulo fotovoltaico de 265 W gera, por dia 1,14 kWh, dessa forma:

Energia = 265 X 5,37 X (1 – 0,20)

* Considerando uma perda de 20% para fatores como a sujeira do coletor (por isso o rendimento= 1 menos 0,20 dos 20% de perda).

Assim, ao final de um mês, um módulo fornece 34,20 kWh/mês.

Agora, basta você saber qual é o gasto mensal em kWh do seu consumidor. Por exemplo, se um cliente X consome 250kWh/mês, basta você fazer uma regra de 3 com os valores que 1 placa fornecerá em relação a quantidade demandada.

1 módulo——- 34,20 kWh

                                                     x módulos——- 250 kWh (varia de cliente para cliente)

Por fim, resolvendo a regra de 3 (multiplicando cruzado) você chegará ao número exato de placas necessária para o projeto. Nesse caso, será preciso instalar 7,31 módulos, arredondando sempre para mais = 8 placas solares.

Além disso, cada plana solar possui em média 1,5 e 2m², dependendo do modelo e marca. Então, por esse lado, se uma residência precisa de 8 módulos, os mesmos ocuparão entre 12 e 16m².

Continue lendo em: projetos de energia fotovoltaica: como fazer 

Gerador de proposta de energia solar

Experimente o Solarfy

Gere propostas de energia solar incríveis e fáceis de entender. 

Preços médios para instalação de projetos fotovoltaicos

Entretanto, é possível criar uma estimativa de preços médios. Com base no relatório Análise do Mercado Fotovoltaico de Geração Distribuída – no segundo Semestre de 2017 da consultoria Greener, confira:

  • Em um sistema pequeno, com potência de 2 kWp e faixa de consumo mensal de 250 a 350 kWh/mês, o preço médio é de aproximadamente R$ 15.620,00.
  • Um sistema médio, com potência de 4 kWp e faixa de consumo mensal de 550 a 660 kWh/mês, possui um preço médio de R$ 26.080,00.
  • No caso de um sistema grande, com potência de 8 kWp e faixa de consumo mensal de 1000 a 1100 kWh/mês, conta com um preço médio de R$ 46.400,00.

Por fim, é importante frisar que: os valores sofrem alterações e podem variar conforme integradora e componentes escolhidos.

Os dados fornecidos são apenas um parâmetro, em média, dos custos para instalar um projeto de energia fotovoltaica.

Como vender mais projetos fotovoltaicos

A premissa básica para uma boa comercialização de projetos de energia fotovoltaica está relacionada com a qualidade do produto, do atendimento e do suporte prestado.

Posteriormente, para que esse cliente venha a ser um consumidor fiel e propagador da sua marca, recomendando à terceiros, é preciso que a experiência em todo o processo.

Ou seja, desde o orçamento fotovoltaico até à devida instalação, seja realizado de forma impecável. Com isso, o cliente se sente seguro e amparado. E a sua empresa conquistará a excelência e o reconhecimento que busca.

Portanto, investir em profissionais qualificados, com atendimento e suporte para esse consumidor torna-se rentável. Pois, com a fidelização, existirão retornos positivos sobre o investimento.

Por fim, para vender cada vez mais e realizar orçamentos para energia solar com qualidade, inove suas formas de atender, se adaptando às novas tecnologias.

E você? É um integrador solar ou está pensando em empreender nessa área? Nós temos a solução para alavancar vendas dos projetos de energia fotovoltaica, otimizar processos e trazer mais tecnologia para a sua empresa.

Conheça o Solarfy, o software para orçamento de energia solar, uma ferramenta inteligente para gerar propostas e acompanhar negociações com agilidade. Além de ser possível ter sempre em mãos o projeto de energia solar.

Ficou com alguma dúvida sobre orçamento para energia solar? Então deixe um comentário! Se você gostou desse artigo, considere se inscrever na newsletter gratuita e receba os próximos conteúdos diretamente no seu e-mail.

Gostou dessa matéria?

Cadastre-se na newsletter gratuita e receba os próximos conteúdos diretamente em seu e-mail!

Deixe um comentário